Pular para o conteúdo principal

Mais uma do cérebro - Paz depois do sexo

Mais uma do site: www.cerebronosso.bio.br.
O sexo é, obviamente, uma atividade altamente estimulante - o que é bem diferente do período de tranqüilidade e bem-estar que costuma se seguir ao orgasmo. Um estudo publicado em outubro de 2007 na revista PNAS mostra que, ao menos em ratos, o efeito ansiolítico do sexo pode ser atribuído à liberação do hormônio ocitocina pelo hipotálamo e sua ação sobre o cérebro. Sob os efeitos da ocitocina, ratos que acabaram de ter relações sexuais ficam menos ansiosos e mais dispostos a correr riscos por várias horas. O estudo confirma que a ocitocina, hormônio conhecido tradicionalmente por suas funções no parto e na lactação, é um importante regulador das emoções e do comportamento social, tanto em machos quanto em fêmeas.(SHH)
Fonte: Waldherr M, Neumann ID (2007). Centrally released oxytocin mediates mating-induced anxiolysis in male rats. Proc Natl Acad Sci USA 104, 16681-16684.
Vai brigar? Pingue ocitocina antes

A ocitocina definitivamente deixou de ser apenas um hormônio associado à lactação e ao parto. Suas funções pró-sociais já incluem a formação de laços afetivos entre mães e filhos e entre namorados, a preferência sexual pelo parceiro, e até a confiança em investidores.
Agora, mais esta: segundo um estudo da Universidade de Zurique, um pouquinho de ocitocina pingada no nariz de casais prestes a começar uma discussão diminui a produção de cortisol, hormônio produzido em resposta ao estresse do bate-boca, e deixa os casais mais propensos a "abrir seu coração" durante o arranca-rabo. Não estava no estudo, mas uns abraços antes da discussão devem surtir um efeito parecido: abraços são a alternativa natural - e bem mais agradável - ao vidrinho de ocitocina vendido na farmácia da esquina.
Antes que você fique pensando em abraçar sua próxima vítima antes de discutir com ela, há no entanto um pequeno porém. De acordo com o estudo suíço, pingar ocitocina no nariz não faz ninguém mudar de opinião sobre a discussão. Infelizmente... ou não!
Fonte: XXXVI reunião anual da Society for Neuroscience, 2006, program no. 505.14

Postagens mais visitadas deste blog

Tsoro Yematatu - Um jogo do Zimbábue

Tsoro Yematatu
Pronuncia-se: TSOH-roh YEH-mah-TAH-too

OBJETIVO: Ser o último jogador a fazer uma linha com três peças suas.

NÚMERO DE JOGADORES: 02

MATERIAL:

- O tabuleiro do jogo
- 03 peças pretas
- 03 peças claras

REGRAS DO JOGO:

- Cada jogador pega 03 peças da mesma cor;
- Na sua vez, Cada jogador coloca uma peça sua no círculo do tabuleiro que ainda não foi ocupado;
- Quando todas as 06 peças (três de cada jogador) estiveram nos seus devidos lugares, move-se uma peça por vez, de um círculo a outro que esteja vazio, em linha reta.
- Cada jogador só pode ocupar um único circulo por uma de suas peças.
- Ganha quem primeiro alinha as suas três peças em linha reta, de acordo com as retas que ligam os círculos.


Bibliografia consultada:

Zaslavsky, C. (1998). Math games and activities from around the world. Chicago. Chicago Review Press.

TRILHA OU MOINHO

Trilha, também conhecido como Moinho, é um dos mais famosos dentre aqueles jogos em que se procura um alinhamento entre as peças, como o Gomoku, Jogo da Velha, Gnu, entre outros.

Diz-se que o tabuleiro da "Trilha" seria uma representação fenícia de seu império: o tabuleiro quadrado representando o mar, seu universo de conquistas; a casa central do tabuleiro, sendo Tiro, a capital fenícia; e as outras casas sendo as colônias fenícias, como Cádiz (Espanha) e Cartago (norte da África).

O objetivo neste jogo é buscar o alinhamento de 3 peças o que lhe dá o direito de capturar qualquer peça do adversário que não esteja em alinhamento. Ganha aquele jogador que tirar tantas peças do seu adversário tal que não haja mais possibilidades de alinhamento. Há, neste jogo 3 fases distintas. A primeira fase é o posicionamento das peças no tabuleiro, a segunda é a movimentação das peças para pontos adjacentes e a terceira fase, é a movimentação livre das peças, ou seja, não necessariamente pa…

QUEBRA-CABEÇAS DE METAL (PUZZLES EM METAL)

Extraido de www.matematica.no.sapo.pt estes puzzles, como são chamados os quebra-cabeças, fascinam pela quase impossibilidade de solução. Apresento o texto que extrair, na íntegra e sem a devida permissão de seus autores, do site mensionado e espero que se divirtam com tantas variedades de puzzles.


"Apresentação dos puzzles em metal "

Quem alguma vez teve que deslocar uma mesa de uma casa para outra ou ao longo de um corredor, sabe que o espaço tridimensional reserva algumas surpresas que quotidianamente passam despercebidas. Estas surpresas são bem conhecidas dos "viciados" na resolução/construção de puzzles de metal. Estes antigos ( e sempre atuais ) jogos artesanais consistem numa estrutura composta por duas ou mais peças de metal (fig. 1). Deste conjunto de peças entrelaçadas, o jogador deve separar uma delas - a peça problema - do resto do conjunto - a estrutura suporte - sem fazer deformações ou cortes.
A primeira impressão que temos quando confrontados com um pu…