Pular para o conteúdo principal

YAM - combinação de sorte com raciocínio lógico

YAM

 

REGRA

 

Um jogo que oferece a combinação de sorte com raciocínio lógico. Vence o jogo quem conseguir o maior numero de pontos possíveis. Yam pode ser jogado por um numero qualquer de pessoas. Porém, jogar com um numero superior a 6 pode tornar o jogo muito lento.

 

COMPONENTES

 

5 dados

1 bloco de tabelas

1 copo

 

PREPARAÇÃO

 

Cada jogador precisa de uma folha do bloco de tabelas e de um lápis ou caneta.

 

OBJETIVO DO JOGO

 

Preencher todos os quadros da tabela de modo a obter, no resultado total final, o maior número de pontos possível.

 

TABELA

 

Todos os quadros da tabela devem ser preenchidos. Quando, terminados os lançamentos, o jogador não conseguir um resultado satisfatório, deve riscar qualquer um dos quadros que ainda estiver em branco.

JOGANDO OS DADOS

 

Inicia o jogo quem obtiver o maior resultado no lançamento dos dados. Cada jogador pode, na sua vez, lançar no máximo 3 vezes o dado. O primeiro lançamento e feito com todos os dados. Se o jogador não ficar satisfeito com os resultados do lance, poderá retirar um, alguns ou todos os dados e lançar os restantes uma segunda vez. Este processo pode ser repetido no terceiro lance. O uso inteligente dos dois lançamentos opcionais pode mudar um primeiro (ou segundo) mau lançamento para uma jogada de bom resultado.

 


PREENCHIMENTO DA TABELA

 

1. COLUNAS

 

i) DESCENDENTE

 

Indica que o preenchimento deve ser feito de forma descendente (tanto para a seção superior quanto para a inferior). Para se poder preencher a segunda linha desta coluna, a primeira linha devera obrigatoriamente estar preenchida ou riscada. O mesmo vale para as linhas seguintes. Portanto, para se preencher a linha 5 na coluna e necessário que já tenham sido preenchidas e/ou riscadas as linhas 1, 2, 3 e 4.

 

ii) ASCENDENTE

 

 Indica que o preenchimento deve ser feito de forma ascendente. A ultima linha (Yam) tem que estar preenchida para se poder preencher a linha seguinte, como no caso anterior.

 

D DESORDEM pode ser preenchida em qualquer ordem. Ex.: Pode-se preencher a linha S- sem estar preenchida a linha S+, ou qualquer outra.

 

S SECO só pode ser preenchida com o resultado do primeiro Iançamento. Assim, se o resultado dos dados for um FULL HAND, pode-se preencher a linha F da coluna S.

 

2. LINHAS

 

SEÇÃO SUPERIOR

 

As linhas 1, 2, 3, 4, 5 e 6 correspondem ao resultado necessário no lançamento dos dados. Portanto, para se preencher a linha 1 e preciso que saia nos dados pelo menos um [1] ; na linha 2 ao menos um e assim por diante. Para se ter direito ao bônus é necessário conseguir no 1°TOTAL um mínimo de 60 pontos. A coluna MPB (Mínimo Para Bônus) mostra os valores necessários para se conseguir este mínimo: tirando 2 [1] , 2 [2] , 3 [3], 3 [4], 3 [5] e 3 [6] , teríamos 2 + 4 + 9 + 12 + 15 + 18 = 60 pontos. Obs.: O que conta é a soma dos resultados, que deve ser pelo menos 60. Assim, se um jogador não conseguir tirar os 3 [4] , por exemplo, ainda poderá ganhar os 30 pontos de bônus se conseguir somar pelos menos 60 pontos na seção superior da coluna. Isso poderá ser feito compensando-se a perda de pontos na linha, através de um número maior de pontos nas outras linhas.

 

Exemplo:

 

Se o resultado dos dados, após os três lances, for [1] [1] [1] [5] [6] e se o jogador quiser (e puder) marcar o resultado na linha 1, então ele deverá colocar na devida coluna o valor 3 (3 x 1). Em outro caso, se o jogador tiver 3 [6] , poderá colocar na linha 6 o resultado 18 (3 x 6). Se, no entanto, só conseguisse 2 [6] , marcaria o resultado 12 (2 x 6).

 

SEÇÃO INFERIOR

 

A coluna RES. DADOS: indica os resultados que o jogador deve obter nos dados, a cada linha. Os valores impressos à esquerda devem ser somados ao resultado obtido nos dados. Assim, na linha Q, adiciona-se ao resultado o valor 20, na linha F adiciona-se 30, etc.

 

Q QUADRA: indica a necessidade de se obter quatro valores iguais. O valor adicionado ao resultado é 20.

 

Ex.: Se o jogador tirar [3] [3] [3] [3] [1] o seu resultado será 32 (3 x 4 + 20). O dado restante é desprezado para efeito de contagem.

 

F FULL HAND: o jogador deve obter 3 valores iguais + 2 valores iguais, mas diferentes dos anteriores. O valor adicionado ao resultado é 30.

 

Ex.:[5] [5] [5] [1] [1] neste caso o resultado a se computar será 47 (3 x 5 + 2 x 1 + 30).

 

S- SEGUIDA MINIMA: [1] [2] [3] [4] [5] o valor adicionado é 35 e o resultado final é sempre 50 (1 + 2 + 3 + 4 + 5+ 35).

 

S+ SEGUIDA MAXIMA: [2] [3] [4] [5] [6] o valor adicionado é 40 e o resultado final é sempre 60 (2 + 3 + 4 + 5 + 6 +40).

 

MIN. E MÁX.: São normalmente usados quando não se consegue nenhum resultado satisfatório que possa ser marcado em outra linha. Estas duas linhas podem ser preenchidas com qualquer valor, desde que o valor mínimo seja menor que o valor máximo. Porém, quanto mais altos forem estes valores mais pontos o jogador terá no resultado total e maior será sua chance de vencer o jogo. Estes valores podem ser diferentes para as 4 colunas.

 

Ex.: Suponha que o resultado dos lances tenha sido: [1] [3] [4] [5] [6] o resultado final será

19 (1 + 3 + 4 + 5 + 6). A esse resultado nada é acrescentado; o jogador poderá considerá-lo como pontos máximos ou pontos mínimos.

- Se considerar 19 como máximos, o maior valor mínimo para esta coluna será 18.

- Se considerar como mínimos, o menor valor máximo será 20.

Obs.: Se o jogador considerar um resultado de lances muito alto como pontos mínimos (como, por exemplo [4] [5] [5] [6] [6] = 26 pontos) estará se arriscando, pois terá que conseguir um valor ainda mais alto para pontos máximos desta coluna (no caso, superior a 27 pontos).

 

YAM: 5 valores iguais. O valor adicionado é de 50 pontos.

 

Ex.: Se o jogador tirar ([4] [4] [4] [4] [4] o resultado será 5x 4 + 50)

 

EXEMPLO DE UMA RODADA

 

Primeiro lançamento: supondo-se que o resultado tenha sido [1] [1] [3] [3] [5], o jogador terá as seguintes opções:

A) Ele poderá retirar os dados 1, 2 e 5, lançá-los novamente, e tentar tirar 3 [3] , uma quadra de 3 ou um YAM.

B) Ele poderá tentar uma seguida mínima, retirando o dado de valor 3 e lançando-o novamente.

 

Segundo Lançamento: supondo que o jogador tenha escolhido a opção B e ao lançar o dado novamente o resultado tenha sido: [1] [1] [2] [3] [5]

- Se o jogador quiser, pode parar neste instante e colocar o resultado na primeira linha da seção superior, marcando o total 2 (2 x 1) na coluna apropriada.

- Pode, entretanto insistir na segunda mínima, lançando novamente um dos dados.

 

Terceiro lançamento: supondo-se que o resultado tenha sido [1] [2] [3] [5] [5], ele poderia colocar como resultado final o valor 10 (2 x 5) na linha 5 da coluna superior. Se, no entanto, este valor não for considerado como satisfatório, ele poderá riscar um quadro qualquer de sua escolha, ou colocar o resultado 16 como máximo ou mínimo.

 

Obs.: A escolha da melhor alternativa para preenchimento da tabela após o lançamento dos dados será determinada pelo plano de jogo do próprio jogador.

 

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

 

1 - Somente um quadro em branco pode ser preenchido ao final de cada jogada, seja ela de

1, 2 ou 3 lançamentos.

2 - Um jogador pode ser forçado a "riscar" um quadro se, após analisar o ultimo lançamento dos dados, verificar que o resultado obtido não pode ser utilizado para nenhuma das alternativas que ele tenha em branco.

3 - O jogo termina quando todos os quadros da tabela estiverem preenchidos.

4 - Para contagem de pontos, todos os quadros deverão estar preenchidos ou riscados.

 

Bom Divertimento

 

Postagens mais visitadas deste blog

Tsoro Yematatu - Um jogo do Zimbábue

Tsoro Yematatu
Pronuncia-se: TSOH-roh YEH-mah-TAH-too

OBJETIVO: Ser o último jogador a fazer uma linha com três peças suas.

NÚMERO DE JOGADORES: 02

MATERIAL:

- O tabuleiro do jogo
- 03 peças pretas
- 03 peças claras

REGRAS DO JOGO:

- Cada jogador pega 03 peças da mesma cor;
- Na sua vez, Cada jogador coloca uma peça sua no círculo do tabuleiro que ainda não foi ocupado;
- Quando todas as 06 peças (três de cada jogador) estiveram nos seus devidos lugares, move-se uma peça por vez, de um círculo a outro que esteja vazio, em linha reta.
- Cada jogador só pode ocupar um único circulo por uma de suas peças.
- Ganha quem primeiro alinha as suas três peças em linha reta, de acordo com as retas que ligam os círculos.


Bibliografia consultada:

Zaslavsky, C. (1998). Math games and activities from around the world. Chicago. Chicago Review Press.

TRILHA OU MOINHO

Trilha, também conhecido como Moinho, é um dos mais famosos dentre aqueles jogos em que se procura um alinhamento entre as peças, como o Gomoku, Jogo da Velha, Gnu, entre outros.

Diz-se que o tabuleiro da "Trilha" seria uma representação fenícia de seu império: o tabuleiro quadrado representando o mar, seu universo de conquistas; a casa central do tabuleiro, sendo Tiro, a capital fenícia; e as outras casas sendo as colônias fenícias, como Cádiz (Espanha) e Cartago (norte da África).

O objetivo neste jogo é buscar o alinhamento de 3 peças o que lhe dá o direito de capturar qualquer peça do adversário que não esteja em alinhamento. Ganha aquele jogador que tirar tantas peças do seu adversário tal que não haja mais possibilidades de alinhamento. Há, neste jogo 3 fases distintas. A primeira fase é o posicionamento das peças no tabuleiro, a segunda é a movimentação das peças para pontos adjacentes e a terceira fase, é a movimentação livre das peças, ou seja, não necessariamente pa…

QUEBRA-CABEÇAS DE METAL (PUZZLES EM METAL)

Extraido de www.matematica.no.sapo.pt estes puzzles, como são chamados os quebra-cabeças, fascinam pela quase impossibilidade de solução. Apresento o texto que extrair, na íntegra e sem a devida permissão de seus autores, do site mensionado e espero que se divirtam com tantas variedades de puzzles.


"Apresentação dos puzzles em metal "

Quem alguma vez teve que deslocar uma mesa de uma casa para outra ou ao longo de um corredor, sabe que o espaço tridimensional reserva algumas surpresas que quotidianamente passam despercebidas. Estas surpresas são bem conhecidas dos "viciados" na resolução/construção de puzzles de metal. Estes antigos ( e sempre atuais ) jogos artesanais consistem numa estrutura composta por duas ou mais peças de metal (fig. 1). Deste conjunto de peças entrelaçadas, o jogador deve separar uma delas - a peça problema - do resto do conjunto - a estrutura suporte - sem fazer deformações ou cortes.
A primeira impressão que temos quando confrontados com um pu…