Pular para o conteúdo principal

O CORVO-PRETO DOS VIKINGS

Mais um jogo fantástico! espero que gostem!

BRANDUBH

Assim como no Tablut (veja arquivo do blog), o Brandubh pertence à grande família de jogos chamada Tafl, que significa, no antigo idioma dos vikings, "Mesa". O registro mais antigo desta família de jogos data de 400 d. C. e se refere a um jogo conhecido por Hnefa-Tafl, que significa "Mesa do Rei". Não se sabe exatamente onde esse tipo de jogo nasceu, mas é provável que as suas raízes datem da época da conquista romana, que em 120 d. C. chegaram até a Escócia. Com os vikings, esses jogos se espalharam por todos os países do norte da Europa, onde gozaram de grande popularidade. A partir do século XVI, o Xadrez substituiu os Tafl, que praticamente desapareceram.

Apesar dos inúmeros registros históricos, não há precisão quanto às suas regras originais. Sua grande difusão geográfica ensejou diversas variantes de regras, além de tabuleiros de diferentes dimensões e números de peças do jogo. Porém, algumas características são invariáveis. Os tabuleiros sempre são quadrados e com número ímpar de casas. O menor tem 7X7 casas e o maior 19X19 casas. Quanto às peças, o número de atacantes é sempre o dobro do de defensores. No idioma Celta, o nome Bran-dubh significa "corvo-preto", e na mitologia irlandesa o corvo era o símbolo da deusa da guerra, Morigna. Por isso, o domínio das estratégias desse jogo era considerado como uma das principais virtudes dos heróis da mitologia.

Neste jogo da coleção da Ludens Planet, a ilustração representa a ilha da Irlanda, de onde o rei tenta fugir de navio. Os quatro cantos e a casa central representam os cinco reinados que, na época medieval, dividiam a Irlanda. Os reinados se chamavam Ulster, Connaught, Munster, Leinster e Mide. Este último ficava no meio dos outros quatro, e era a sede do rei. No interior de Mide existe um morro sagrado chamado Tara, onde vários reis foram coroados. Quando eram coroados rei da Irlanda, passavam a se chamar Ard-Ri que significa "Grande Rei".


O JOGO:

É um jogo de confronto estratégico para 02 jogadores.

Usa-se um tabuleiro de 49 casas com uma casa central (Tara) e 04 cantos marcados, 07 peças brancas (01 rei e 06 guardas) e 12 peças pretas.


OBJETIVO:

- O desafio das peças pretas é capturar o rei.

- O objetivo das peças brancas é levar o rei até um dos 4 cantos do tabuleiro.


INÍCIO DA PARTIDA:

- Cada jogador escolhe uma cor e coloca suas peças como na figura 01.

- O rei branco ocupa a casa central.

- As peças pretas sempre começam.

 

MOVIMENTO:

- Os jogadores jogam um de cada vez e movimentam uma só peça a cada jogada.

- Todas as peças, inclusive o rei, se movimentam de uma em uma casa, na direção horizontal ou vertical, para frente ou para trás. Não se pode pular por cima das outras peças.

- A casa central e os 4 cantos são reservados ao Rei. Nenhuma outra peça pode ocupá-las.

- O Rei pode ir e voltar à casa central.

FINAL DE PARTIDA:

- AS branca ganham a partida quando o Rei consegue chegar a um dos 4 cantos do tabuleiro.

- As pretas ganham a partida quando conseguem capturar o Rei, cercando-o por dois soldados se o Rei ainda está no Tara (Fig. 06), por 3 soldados se o Rei está contra o Tara (Fig. 07) ou contra a borda do tabuleiro (Fig. 08), ou por 4 soldados em qualquer outro lugar do tabuleiro (Fig. 09)

VARIANTES DA REGRA:

Como não existe certeza a respeito das regras originais do Brandubh, muitas variações foram imaginadas. A regra é aquela descrita anteriormente e para cada versão existe uma posição inicial diferente.

 

i) BUANFACH (Fig. 10)

Na mitologia irlandesa, Buanfach foi criado como um jogo freqüentemente praticado pelo grande herói Cu-Chulain, o equivalente de Aquiles da mitologia grega. Nesse jogo, todas as peças podem se movimentar várias casas. Só o rei pode passar por cima do Tara.

 

ii) FIANNA (Fig. 11)

Fianna designa a guarda pessoal do Rei. Os guardas brancos podem se movimentar também uma casa em diagonal – não o Rei. As pretas se movimentam várias vezes.

 

iii) BRANAM (Fig. 12)

Branam designa o Rei como ser sagrado e não pode ser capturado. AS pretas precisam capturar os 4 soldados brancos antes que o Rei chegue em um canto.

 

iv) Ard-Ri (Fig. 13)

Ard-Ri é a variante escocesa do Brandubh que se joga com 16 soldados pretos contra 8 brancos.

 

v) Erenn (Fig. 14)

No idioma céltico, Erenn significa Irlanda. AS brancas devem ocupar os 4 cantos com 4 soldados. Uma vez no canto, o soldado não pode mais sair. As pretas não podem ocupar os cantos.

 

vi) FIDCHELL (Fig. 15)

Mencionado em mitologia irlandesa, Fidchell teria sido inventado pelo deus supremo Lugh. Joga-se com as regras do Tablut, onde o Rei deve atingir

Postagens mais visitadas deste blog

Tsoro Yematatu - Um jogo do Zimbábue

Tsoro Yematatu
Pronuncia-se: TSOH-roh YEH-mah-TAH-too

OBJETIVO: Ser o último jogador a fazer uma linha com três peças suas.

NÚMERO DE JOGADORES: 02

MATERIAL:

- O tabuleiro do jogo
- 03 peças pretas
- 03 peças claras

REGRAS DO JOGO:

- Cada jogador pega 03 peças da mesma cor;
- Na sua vez, Cada jogador coloca uma peça sua no círculo do tabuleiro que ainda não foi ocupado;
- Quando todas as 06 peças (três de cada jogador) estiveram nos seus devidos lugares, move-se uma peça por vez, de um círculo a outro que esteja vazio, em linha reta.
- Cada jogador só pode ocupar um único circulo por uma de suas peças.
- Ganha quem primeiro alinha as suas três peças em linha reta, de acordo com as retas que ligam os círculos.


Bibliografia consultada:

Zaslavsky, C. (1998). Math games and activities from around the world. Chicago. Chicago Review Press.

TRILHA OU MOINHO

Trilha, também conhecido como Moinho, é um dos mais famosos dentre aqueles jogos em que se procura um alinhamento entre as peças, como o Gomoku, Jogo da Velha, Gnu, entre outros.

Diz-se que o tabuleiro da "Trilha" seria uma representação fenícia de seu império: o tabuleiro quadrado representando o mar, seu universo de conquistas; a casa central do tabuleiro, sendo Tiro, a capital fenícia; e as outras casas sendo as colônias fenícias, como Cádiz (Espanha) e Cartago (norte da África).

O objetivo neste jogo é buscar o alinhamento de 3 peças o que lhe dá o direito de capturar qualquer peça do adversário que não esteja em alinhamento. Ganha aquele jogador que tirar tantas peças do seu adversário tal que não haja mais possibilidades de alinhamento. Há, neste jogo 3 fases distintas. A primeira fase é o posicionamento das peças no tabuleiro, a segunda é a movimentação das peças para pontos adjacentes e a terceira fase, é a movimentação livre das peças, ou seja, não necessariamente pa…

QUEBRA-CABEÇAS DE METAL (PUZZLES EM METAL)

Extraido de www.matematica.no.sapo.pt estes puzzles, como são chamados os quebra-cabeças, fascinam pela quase impossibilidade de solução. Apresento o texto que extrair, na íntegra e sem a devida permissão de seus autores, do site mensionado e espero que se divirtam com tantas variedades de puzzles.


"Apresentação dos puzzles em metal "

Quem alguma vez teve que deslocar uma mesa de uma casa para outra ou ao longo de um corredor, sabe que o espaço tridimensional reserva algumas surpresas que quotidianamente passam despercebidas. Estas surpresas são bem conhecidas dos "viciados" na resolução/construção de puzzles de metal. Estes antigos ( e sempre atuais ) jogos artesanais consistem numa estrutura composta por duas ou mais peças de metal (fig. 1). Deste conjunto de peças entrelaçadas, o jogador deve separar uma delas - a peça problema - do resto do conjunto - a estrutura suporte - sem fazer deformações ou cortes.
A primeira impressão que temos quando confrontados com um pu…